Censo das Empresas Brasileiras 2012

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Confira a maior radiografia das empresas e entidades públicas e privadas brasileiras

Fonte: IBPT

O Brasil possui atualmente 12.904.523 (Doze Milhões, Novecentos e Quatro Mil, Quinhentos e Vinte e Três) empreendimentos, incluindo seus estabelecimentos matriz e filiais. Destes, 11.663.454 são de empresas e empreendimentos privados (90%), 1.144.081 de entidades privadas sem fins lucrativos (9%), e 96.988 de entidades públicas governamentais (1%).

São Paulo é o estado que tem o maior número de empreendimentos, com 3.782.075 de estabelecimentos, equivalente a 29.3% do total, seguido por Minas Gerais com 1.259.610 estabelecimentos, representando 9,8% do total e Rio de Janeiro com 1.054.988 estabelecimentos, ou 8,2% do total.

Os estados com o menor número de empreendimentos são Amapá com 36.393 (0,3%), Acre com 36.197 (0,3%) e Roraima com 23.852 (0,2%)  estabelecimentos.

As cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília detém 54% dos empreendimentos nas Capitais brasileiras.

A Região Sudeste possui 49% de todos os empreendimentos do país, seguida da Região Nordeste e Sul, com 19% cada uma, da Região Centro-Oeste com 8% e Região Norte com 5% dos estabelecimentos existentes no Brasil.

O Setor de Serviços é o que mais possui empreendimentos, com 43,91% do total, seguido pelo comércio, com 42,07%, Indústria com 7,16%, Agronegócio com 4,72%, Setor Financeiro com 1,38% e Serviços Públicos com 0,75% do total dos estabelecimentos.

O Subsetor com mais empreendimentos é o Comércio Varejista, com 32,60% do total, seguido de Serviços Diversos com 13,13% e Turismo, Lazer, Esportes e Serviços Especializados com 9,16%.

A atividade com maior número de empreendimentos é o Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessórios com 6,22% do total, seguida da atividade de Comércio Varejista de Mercadorias (Minimercados, Mercearias e Armazéns) com 3,78% do total e Lanchonetes, Casas de Chá, Sucos e Similares com 2,72%.

Os tipos jurídicos Empresário Individual e Microempreendedor Individual representam praticamente metade de todos os empreendimentos brasileiros, seguidos do tipo Sociedade Empresária Limitada e Associação Privada.

Os nomes de pessoas que mais aparecem nas denominações das empresas e entidades  são: Maria, José e Antonio para as empresas individuais e MEIs e os termos Comercial, Centro e Auto para as sociedades.

O Índice de Mortalidade das Empresas Brasileiras vem caindo a cada década.  Atualmente, 15,41% dos empreendimentos morre no primeiro ano de vida. Entre um e cinco anos de vida, 41,86% dos empreendimentos desaparece e até 14 anos de vida mais de 75% das empresas encerram suas atividades.

Na década de 70, o índice de desaparecimento de empresas no primeiro ano de vida era praticamente o dobro, ou seja 29,15%.  De um a cinco anos naquela década, 59,81% dos empreendimentos encerrava as suas atividades e mais de 85% desaparecia  até os 14 anos de vida.

Os empreendimentos brasileiros tem idade média de 8,7 anos, sendo que 13,78% se situam na faixa inicial de até 1 ano, 11,71% de 1 a 2 anos, e 8,81% de 2 a 3 anos. Menos de 1% dos empreendimentos tem mais de 70 anos de existência.

O número de empreendimentos com mais 100 anos é de 149.

Na década de 70, a idade média dos empreendimentos era de 5,2 anos. Assim, verifica-se o aumento da idade média dos empreendimentos brasileiros.

As empresas brasileiras são em sua maior parte de micro e pequeno porte, representando 85% do total.  As empresas de médio e grande porte representam somente 15% do total.

As empresas e entidades que possuem filiais somam 190.884, sendo que 92% delas tem uma única filial.  O total de filiais é de 401.784.

A empresa que mais tem filiais ativas no cadastro da RFB é a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, com 7.941 estabelecimentos, seguida do Banco do Brasil com 6.201 e Banco Bradesco com 5.664 filiais.

Clique aqui e faça o download do estudo na íntegra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre o IBPT

Os estudos do IBPT são referências no mercado e visam identificar a carga tributária dos diversos setores da economia brasileira ou de uma empresa, especificamente. Eles fornecem um diagnóstico da tributação que incide sobre determinadas atividades, com dados suficientes para implementar uma gestão tributária e aumentar a competitividade. Realizamos pesquisas corporativas e de setores específicos para reduzir o peso dos tributos por meio de uma gestão tributária eficiente.

Posts Recentes

Siga-nos

No Youtube

Fique por dentro do IBPT

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades.




    yes

    Close Bitnami banner
    Bitnami