De acordo com o levantamento, o Estado mais populoso do Brasil pagou R$ 28,3 bilhões em IPVA no acumulado de 2023.

Conforme o estudo do IBPT, compartilhado com exclusividade ao E-Investidor nesta quarta-feira (6), o Estado de São Paulo se destaca por ter o IPVA mais elevado do Brasil.

Segundo a pesquisa, o Estado mais populoso do país desembolsou um total de R$ 28,3 bilhões em IPVA ao longo de 2023. Esse valor representa 35% de todo o montante do IPVA pago no país, que totalizou R$ 81,02 bilhões ao final do mesmo ano.

Com o pagamento de 35% do total, os paulistas também depositaram o equivalente a R$ 637,44 por habitante do Estado para quitar o tributo. Em média, cada carro do Estado de São Paulo pagou R$ 851,23 de IPVA em 2023.

No Brasil, o valor médio pago por veículo foi de R$ 679,54 e a quantia média paga por habitante foi de 398,99. No geral, a arrecadação com IPVA cresceu 23,58% no País, sendo que o valor total passou de R$ 65,56 bilhões, no ano de 2022, para os R$ 81,02 bilhões em 2023.

De acordo com o presidente IBPT e autor do estudo, João Eloi, esse aumento expressivo nos valores arrecadados com a cobrança do IPVA se deve, principalmente, ao aumento considerável do preço dos veículos durante o período da pandemia do novo coronavírus (2020-2022) levando-se em conta, também, as altas ao longo de 2023.

“Quase todos os valores proporcionais à divisão da arrecadação do tributo pela frota ou pela população foram maiores que os de 2022, inclusive a média nacional de pagamento, em razão do grande incremento no recebimento em relação ao não crescimento na mesma proporção do número de habitantes e da quantidade de veículos na frota de cada estado”, explica Eloi.

Embora São Paulo tenha o IPVA mais caro do Brasil por veículo e habitante, o maior aumento real ficou com Amazonas, com alta de 48,15%, seguido por Minas Gerais, com avanço de 39,14%, o estado do Pará, com crescimento de 30,55% e o Maranhão, com aumento de 28,57%.

Os menores crescimentos reais se deram nos estados do Piauí, com 4,33%, Rio Grande do Sul, com 5,07% e o Acre, com 9,84%.

Além de ser o Estado com o menor reajuste, o Piauí tem o menor valor pago por veículo, com um IPVA de R$ 361,90 por automóvel. Já o Estado com o IPVA mais barato por habitante foi o Maranhão com R$ 133,97 pagos, em média, por cada morador.

O estudo do IBPT foi realizado com base em três levantamentos. Para descobrir questões populacionais, o instituto consultou o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); a quantidade da frota de veículos em cada Estado foi fornecida pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran). Já a arrecadação do IPVA foi informada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Fonte: Em qual Estado o IPVA pesa mais no bolso do brasileiro? – Educação Financeira – Estadão E-Investidor – As principais notícias do mercado financeiro (estadao.com.br)

Veja mais citações do IBPT na ultima semana de 04.03 a 11.03 :

SBT News Alagoas Net Revista Capital Econômico News Rondônia Mercado & Consumo Repórter MT
Estadão E-Investidor O Tempo Diário do Transportes ABC do ABC O Tempo



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre o IBPT

Os estudos do IBPT são referências no mercado e visam identificar a carga tributária dos diversos setores da economia brasileira ou de uma empresa, especificamente. Eles fornecem um diagnóstico da tributação que incide sobre determinadas atividades, com dados suficientes para implementar uma gestão tributária e aumentar a competitividade. Realizamos pesquisas corporativas e de setores específicos para reduzir o peso dos tributos por meio de uma gestão tributária eficiente.

Posts Recentes

Siga-nos

No Youtube

Fique por dentro do IBPT

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades.




    yes

    Close Bitnami banner
    Bitnami