Presente do Dia dos Namorados poderá ter mais de 70% de tributos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Estudo do IBPT indica que os perfumes importado e nacional estão no topo da lista com carga tributária de 78,43% e 69,13%, respectivamente

Fonte: ASSCOM IBPT

Os casais apaixonados que pretendem comemorar o Dia dos Namorados, na próxima quinta-feira, 12, poderão desembolsar mais da metade do valor do presente somente para o pagamento de tributos. É o caso do perfume importado, que tem carga tributária de 78,43%; do perfume nacional, com 69,13%; do aparelho de MP3, com 49,45% e da bolsa de couro, com 41,52%. As informações fazem parte de um levantamento elaborado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT, que reúne as principais opções de presentes escolhidos para a data.

Para os mais românticos, que não dispensam um jantar com a pessoa amada, a carga tributária equivalerá a 32,31% do valor total da conta, referente aos serviços do restaurante. Outros produtos relacionados à comemoração da data também trazem uma elevada incidência de tributos, como o champagne (59,49%), o vinho (54,73%), o fondue de queijo (36,54%) e o fondue de chocolate (38,51%).

A carga tributária é alta mesmo nos presentes mais tradicionais como caixa de bombons (37,61%); flores (17,71%); cartão (37, 48%) e ingressos para teatro ou cinema (30,25%).

O presidente-executivo do IBPT, João Eloi Olenike explica que a alta carga tributária dos presentes se deve ao fato de serem itens considerados supérfluos, sendo que alguns deles também passam por processo de industrialização ou são importados, o que elevada ainda mais a tributação. “O sistema tributário brasileiro é excessivamente concentrado no consumo. Certamente, se a carga tributária fosse menor, o contribuinte poderia escolher melhor como presentear em ocasiões como o Dia dos Namorados”. 

ProdutoCarga Tributária
Jantar em restaurante32,31%
Aparelho MP3 ou iPOD49,45%
Bolsa de Couro41,52%
Bombons37,61%
Buquê de Flores17,71%
Calça Jeans38,53%
Câmera fotográfica44,75%
Cartão de Dia dos Namorados37,48%
Champagne59,49%
Urso de Pelúcia29,92%
Fondue de Chocolate38,51%
Fondue de Queijo36,54%
Hospedagem em hotel29,56%
Livros15,52%
Maquiagem Nacional51,04%
Maquiagem Importada69,04%
Óculos de sol44,18%
Pacote Lua de mel (Viagem)29,56%
Perfume importado78,43%
Perfume nacional69,13%
Porta retrato43,47%
Teatro e cinema30,25%
Vestido34,67%
Vinho54,73%
Fonte: IBPT

O presidente-executivo do IBPT, João Eloi Olenike está à disposição para entrevistas sobre o tema. Para agendar um horário, entre em contato com a De León Comunicações, nos telefones (11)5017-4090//7604 ou e-mail paloma@deleon.com.br 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre o IBPT

Os estudos do IBPT são referências no mercado e visam identificar a carga tributária dos diversos setores da economia brasileira ou de uma empresa, especificamente. Eles fornecem um diagnóstico da tributação que incide sobre determinadas atividades, com dados suficientes para implementar uma gestão tributária e aumentar a competitividade. Realizamos pesquisas corporativas e de setores específicos para reduzir o peso dos tributos por meio de uma gestão tributária eficiente.

Posts Recentes

Siga-nos

No Youtube

Fique por dentro do IBPT

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades.




    yes

    Close Bitnami banner
    Bitnami